Soluções Imobiliárias, Cíveis e Trabalhistas.

Últimas notícias

Live apresentará cases de sucesso do Projeto Padrinho em Corumbá

O Projeto Padrinho da comarca de Corumbá realiza nesta terça-feira (4), às 18 horas, uma live com o juiz Maurício Cleber Miglioranzi Santos, a psicóloga Silze Giraldeli e Wilson Maria, do projeto Padrinho daquela localidade. Todos estão convidados para assistir a live pelo https://meet.google.com/cne-haxa-ufy. A proposta de apadrinhar, de diferentes formas, crianças e adolescentes das instituições de acolhimento será o ponto principal da live, que pretende também mostrar à sociedade corumbaense casos de sucesso. A iniciativa pioneira foi criada com objetivo de aproximar a sociedade da realidade de crianças, adolescentes e famílias carentes para sensibilizá-la a se mobilizar em favor desse grupo social, oportunizando o retorno ao convívio familiar e priorizando a manutenção dos vínculos estabelecidos. Entenda – Em Mato Groso do Sul, o Projeto Padrinho foi criado pela juíza da 1ª Vara da Infância e da Juventude da Capital, Maria Isabel de Matos Rocha, hoje desembargadora aposentada, e em junho deste ano completou 20 anos de existência: duas décadas de muito trabalho e muitas lutas, mas com imensas conquistas e alegrias. O projeto deu tão certo em Campo Grande que foi expandido para o interior. Além da Capital, atualmente trabalham com o Projeto Padrinho as comarcas de Água Clara, Amambai, Aquidauana, Bandeirantes, Batayporã, Bataguassu, Bela Vista, Bonito, Camapuã, Corumbá, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranaíba, Pedro Gomes, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Sidrolândia, Sonora, Três Lagoas e Terenos. Entidades, empresas, escolas, cursos profissionalizantes e técnicos que desejarem proporcionar melhoria na qualidade de vida de crianças e adolescentes são bem-vindos para se unir ao Projeto Padrinho. Com o auxílio de padrinhos e voluntários, que ajudam não só com diferentes formas de apadrinhamento, muitas crianças puderam ter uma oportunidade que possivelmente não teriam se não fosse a dedicação dessas pessoas. Existem diferentes opções de apadrinhamento:- padrinho afetivo: proporciona atenção e carinho à criança acolhida;- padrinho voluntário: aquele que atende as instituições de acolhimento de acordo com sua especialidade profissional, de maneira gratuita, como médicos, dentistas, psicólogos, entre outros;- padrinho financeiro: aquele que atende com auxílio financeiro, cujos valores são direcionados para os acolhidos em todas as suas necessidades como roupas, calçados, cursos, etc. Importante ressaltar que para ser um padrinho é necessário realizar o curso preparatório para apadrinhamento, visando capacitar os novos voluntários na modalidade de apadrinhamento afetivo. A participação é um dos pré-requisitos para os interessados em apadrinhamento afetivo.
04/08/2020 (00:00)

Controle de Processos

Usuário
Senha

Newsletter

Nome:
Email:
Visitas no site:  137557
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia